Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Apps para que te quero

Um blog sobre Apps, que dá a conhecer serviços que existem, o seu modo de funcionamento, as vantagens e melhorias que se podem fazer.

Apps para que te quero

Um blog sobre Apps, que dá a conhecer serviços que existem, o seu modo de funcionamento, as vantagens e melhorias que se podem fazer.

30
Jun16

App gratuita de Fotografia para Android: Google Fotos


Teresa Noronha

google_fotos_asus.jpg

  

A Google Fotos é uma App que ajuda a tirar maior potencialidade das fotografias para além de ser um arquivo de fotos online. Tiramos a foto através do uso da aplicação ou trabalhamos uma que tenhamos na nossa galeria. Durante muito tempo não utilizei nenhuma aplicação e percebo que realmente podemos tirar uns minutos para melhorar uma fotografia e que esses minutos podem dar um novo brilho, a uma foto.

 

Uma das grandes vantagens desta App é o factor armazenamento e a possibilidade de aceder às fotografias de qualquer local e garantir assim que não se perdem, não sendo necessário apagar por falta de espaço. Permite criar albuns, fazer montagens de fotografias, adicionar animações e fazer filmes. Para além do mais está integrado nas ferramentas disponiveis para quem tem conta na google.

 

Para quem gosta de editar imagens, esbater o que se passa em background, ou esteja habituado a fazer este trabalho de edição no pc, esta é uma aplicação que responde às necessidades a que se propõe.

 

Funcionalidades:

1. Auto: Faz um ajuste e melhoria geral à fotografia;

2. Claro: Permite ajustar a luminosidade da fotografia;

3. Cor: Permite que as cores fiquem mais esbatidas ou mais vivas;

4. Pop: Trabalha o contraste das cores;

5. Vinheta: Foca o centro da fotografia e esbate a envolvente;

Permite também trabalhar a dimensão e perspectiva.

 

Muitas possibilidades para adaptar uma imagem ao gosto pessoal.

 

Aqui fica o antes e o depois!

google_fotos.png

 

29
Jun16

Dicas para quem quer adquirir um novo smartphone


Teresa Noronha

smartphones-2016.jpg

 (Imagem retirada da internet)

 

Comprar um smartphone é um processo que requer um pouco de pesquisa. Embora possamos chegar a uma loja e escolher um modelo que nos seja aconselhado, existem mesmo assim probabilidades de estarmos a adqurir um smartphone que não consiga suprir as nossas necessidades. Da mesma forma, a compra de um smartphone topo de gama pode ser também um mau investimento, já que podemos não estar a utilizar todas as suas capacidades tanto ao nivel de hardware como do sistema operativo. Em alguns casos, ter menos recursos é a escolha mais acertada e que melhor combina com o nosso orçamento.


Deixo-vos alguns conselhos práticos a ter em consideração antes de comprar um smartphone. Estes conselhos deverão ser encarados como uma ferramenta auxiliar e não como regras rígidas. Afinal o que mais importa é possuir um smartphone que supra as nossas necessidades.

 

1. Operadora Móvel
Antes de escolher qual smartphone pretendendemos comprar, devemos escolher qual a operadora queo  vai servir. Se por acaso já tem um contrato com alguma operadora, saiba que pode ter descontos na compra de um smartphone fazendo com que a compra do smartphone possa custar menos. Se o plano for um pré-pago, pesquise ainda assim o preço das ligações dos planos economicamente mais favoráveis. Algumas operadoras fazem promoções com smartphones de fabricantes com as quais têm parcerias e por isso apresentam equipamentos com valores de mercado mais apelativos.

 

2. Sistema Operativo
O sistema operativo é a peça de software que nos permite interagir com o smartphone. Não existem sistemas operativos melhores ou piores, mas sim com oferta de funcionalidades diferentes e com pontos fortes e outros em a melhorar. A pergunta que se coloca é de facto “Qual é o melhor sistema operativo para mim?”.


Tanto o iOS quanto o Android e o Windows Phone possuem interfaces muito acessíveis e quegeralmente não trazem dificuldades na sua utilização. Recomendo uma ida até uma loja para navegar um pouco em diferentes smartphones com diferentes sistemas operativos e verificar qual se adapta melhor a si.


O iOS presente no iPhone, é estável e possui um grande número de aplicações. É um sistema operativo muito simples e prático não existindo portanto muitas opções de personalização. Já o Android permite uma maior personalização e, como cada fabricante e operadora podem incluir modificações na interface e nas aplicações, é comum encontrar Androids “diferentes” dentro da mesma versão do sistema operativo. No caso do sistema da Google, o número de aplicações gratuitos é maior.


O Windows Phone é o sistema operativo com menos consumidores até ao momento, mas tem uma utilização tão simples quanto os seus concorrentes. O sistema possuiu até ao moemento menos aplicações em relação aos iOS e ao Android. A personalização deste interface ainda não é fácil de conseguir. O seu ponto forte é a integração direta com o Windows, sistema mais utilizado em PCs, por isso e se for importante esta funcionalidade para si, é uma hipótese a considerar.

 

3. Evite a compra de smartphones em risco de desactualização
Geralmente pretendemos que o smartphone tenha alguma longevidade. Atualmente os fabricantes produzem smartphones para terem uma vida útil entre 2 a 3 anos. Depois desse período, o hardware pode ficar desatualizado e o sistema operativo pode deixar de receber atualizações. Nesse sentido, há que ter atenção à versão do sistema operativo que está presente no aparelho, sendo que será prudente pesquisar antes, se suporta atualizações. Com esta informação, podemos somar mais 2 a 3 anos anos à data de lançamento da última versão que o aparelho suporta. O resultado não é exato, mas ficamos com uma ideia aproximada até quando a vida útil do smartphone pode garantir uma utilização sem muitos problemas, sobretudo de performance (sem que as aplicações se arrastem).

 

4. O que esperar do smartphone?
Nem todos temos condições para comprar o melhor smartphone do mercado sendo que a maioria das pessoas não precisa de um smartphone que custe mais 200€ a 300€. Geralmente tende-se a pensar que quanto mais caro for melhor ele é, mas de facto não é bem assim. Portanto antes de escolher um smartphone, temos de descobrir primeiro o que esperamos dele. Vamos usá-lo para videojogos de alta performance ou apps simples e gratuitas? Vamos usar muitos recursos do smartphone, como por exemplo aceder a muitas apps em simultâneo, acesso constante à internet, streaming de música, máquina fotográfica e jogos ou apenas vamos, basicamente, fazer e receber chamadas e mandar mensagens de texto?


Se precisarmos penas de recursos, não existe justificação para comprar um aparelho caro que neste caso terá a mesma utilidade que um modelo mais mais modesto. Por outro lado, economizar alguns euros antes e comprar um smartphone que não o satisfaça pode levar a uma sensação de instisfação, resultando na troca prematura do smartphone.

 

5. Design e tamanho do ecrã

A indústria de smartphones esforça-se dia após dia para colocar no mercado smartphones cada vez mais finos. Na prática não há muita diferença entre possuirmos um modelo com uma espessura de 6,2 milímetros ou 6,3 milímetros. Por isso, por mais que peso e espessura sejam parâmetros a serem levados em consideração, não deverão ser eles os fatores determinantes para a sua compra.


Já o tamanho do ecrã tem se tornado uma característica importante, em especial devido à diversidade existente no mercado. É possível encontrar modelos ecrans que variam entre 3,5 polegadas até quase 6 polegadas. O que pode parecer demasiado grande para muitos utilizadores conseguirem colocar o smartphone no bolso, mas não suficientes para quem utiliza frequentemente para tirar fotografias em eventos. O ideal é escolher aquele que melhor se adapta às suas mãos e ao seu dia a dia.


Sabemos que o design de um produto é capaz de potenciar o seu valor. A Apple, por exemplo, afirma que boa parte do valor do iPhone se deve aos investimentos em pesquisa para se chegar ao formato ideal para o consumidor. Podemos até escolher o produto pelo design, mas convêm aliar um formato de qualidade a um hardware compatível. Um smartphone bonito e fino não é necessariamente bom ou ideal para o seu manuseio.

 

Estas são as minhas dicas, espero que ajude a quem esteja a pensar adquirir um novo equipamento. Regra de ouro: perceba bem quais as principais razões da utilização do smartphone.

28
Jun16

Experiência de Cliente na utilização de Apps


Teresa Noronha

Experiência de Cliente.jpg

 (Fotografia Isabel Saldanha)

Quando iniciei este blog surgiram-me algumas questões sobre as Apps que iria recomendar:

Como considerar se uma App merece ser referenciada? Quais são os parâmetros que podem medir se uma App responde às necessidades das pessoas que a utiliza? O que faz com que uma App contribua positivamente para os objetivos de um produto ou serviço que já existe?

 

Durante este processo de “análise de Apps” tenho-me deparado com diferentes tipos de situações que fazem com que considere que determinada App não deva ser uma App de referência e que por essa razão não a apresente. Os pontos que utilizo para analisar a utilidade ou não de uma App são:

  1. Tem um potencial de funcionalidades elevado, porque responde exatamente ao propósito a que se propõe, mas visualmente é muito pouco apelativa;
  2. A usabilidade e imagem cumpre muito bem o que é esperado pelos clientes, mas em termos de funcionalidades precisa de alterações, precisa de rever as questões de usabilidade, para que funcione bem para os utilizadores;3. Serviços que gostaria de recomendar, porque me identifico com a marca, gosto dos produtos ou dos serviços, mas cuja App não funciona corretamente, apresenta erros na usabilidade, e obriga a passos que não se justificam;
  3. App espetacular, mas cujo serviço associado não funciona corretamente, disponibiliza informação que não é atualizada, serviços de entrega com atrasos nas entregas, ou ausência de possibilidade de devoluções.

 

Para mim são estes os 4 pontos essenciais na experiência de um cliente de Apps que podem levar um determinado utilizador a manter a aplicação e utilizar a mesma ou não: Funcionalidade, imagem, usabilidade e qualidade do produto ou serviço razão da existência da App.

 

Uma App muito bem desenhada e tecnicamente bem implementada, apenas terá sucesso se estiver associada a um produto ou serviço que está preparado para dar uma boa resposta aos clientes que utilizam este canal. Nem sempre é simples para uma empresa ter processos que suportem este novo canal , com uma nova dinâmica e uma nova exigência na resposta aos serviços.

 

É necessário ter os processos bem desenhados, preparados e garantir que uma nova encomenda, pedido de informação ou devolução tenha enquadramento. Que os circuitos que tenham de ser garantidos internamente estejam definidos e que os tempos de resposta sejam aceitáveis e cumpridos para os clientes. Considero então que é importante que só se iniciem os serviços via App quando a organização está preparada.

 

Quando se trata de Apps de funcionalidades, como de fotografia, música ou outros, é necessário saber como prestar este serviço com qualidade e profissionalismo porque as Apps são produtos com uma concorrência à escala mundial e hoje em dia não nos podemos queixar de falta de informação. Se nos achamos brilhantes e queremos fazer uma nova App basta-nos aceder e conseguiremos ver o que de melhor se faz no mundo na área de atuação em que se pretende apostar ou que é o foco da empresa.

 

Acredito que existe um tempo certo para apostar na componente mobile e que esse tempo deve ser próprio da estrutura de cada empresa. Claro que uma startup que inicia a sua empresa com a App desde o seu início foi pensada de forma mais ágil e dinâmica do que uma organização multinacional de produtos e serviços. Por isso e por muito que a concorrência mande no mercado global, estou convicta que a preparação é também neste caso a melhor aliada.

27
Jun16

App gratuita de Fotografia para iPhone: Tadaa


Teresa Noronha

tadaa_icon.png

As Apps de fotografia têm várias funcionalidades e quem as sabe trabalhar consegue imagens muito bem produzidas que alegram qualquer instagram, facebook ou mesmo as molduras de casa.

 

Eu gosto de fotografia, considero que é o documento que melhor regista um momento. Com o tempo fui ficando mais exigente. Prefiro tirar fotografias a pessoas, mas também gosto de fotografias de locais diferentes, coloridos, boas fotografias da beleza natural de um local ou de cidades em movimento. 

 

Com o intuito de vos dar a conhecer boas Apps de fotografia, este meu post é dedicado a uma App para iphone gratuita: A TADAA é uma aplicação premiada pela Apple e que em termos fotográficos apresenta um conjunto de opções muito completa. Existem muitas funcionalidades gratuitas, mas também existem as que para serem utilizadas têm de ser compradas.

 

tadaa_manage.jpg

 

As funcionalidades que se encontram disponíveis gratuitamente são:

  1. Filter: Permite colocar filtros na fotografia;
  2. Adjust: Ajustar o brilho, contraste e saturação;
  3. Crop: Retirar partes da fotografia e ajustar a dimensão e rotação;
  4. Clarity: Trabalhar a claridade;
  5. Frame: Disponibiliza molduras para aplicar à fotografia;
  6. Blur: Desfoca, colocação de manchas de desfoque;
  7. Sharpen: Torna as cores mais vivas;
  8. Gradient: Altera o gradiente das cores;
  9. Snapshot: Cria uma versão com a imagem que se encontra no ecrã;
  10. Vignete: Possibilita alterar a intensidade e espetro da fotografia.
  11. Colorshift: Alterações de cor;
  12. Reset: Voltar à versão original da fotografia.

Funcionalidade e valores disponíveis para aquisição:

  1. Perspective: Perspetiva sobre o qual a imagem está a ser vista = 2,99 €
  2. Repair: Reparação de uma parte danificada da imagem = 1,99 €
  3. HDR: Versão HDR = 0,99 €
  4. Distorrt: Distorção da imagem em ampliação ou diminuição da imagem = 0,99 €

 

Para perceberem as alterações no resultado final, utilizando apenas funcionalidades básicas na fotografia, podem ver através deste exemplo como as cores podem ficar mais vivas, tornando a fotografia mais apelativa. Apenas utilizei para este exemplo algumas (poucas) opções, todas gratuitas.

 

foto_Tadaa.png

 

Espero que gostem e que se divirtam.

23
Jun16

Apps Portuguesas #2: Tap My Back


Teresa Noronha

logo_tapmyback.jpg

 (Imagem retirada da internet)

 

Uma App para trabalhar a motivação nas empresas, tendo como princípio o elogio entre os membros da equipa. Quer trabalhar a motivação nas equipas? Avaliem também esta hipótese.

 

A Tap my back é uma App portuguesa, que esteve representada em 2015 no evento web summit, criada pela comOn Labs. A ideia é que seja possível partilhar publicamente, entre os colegas de trabalho, o bom trabalho de determinado colaborador. Existe associado um sistema de pontos e de prémios atribuídos pelos membros da equipa.

 

Muitas vezes me questionei qual seria o formato certo para que sem haver uma remuneração associada, pudesse haver um correto agradecimento e louvor por um trabalho bem feito, pela ajuda prestada, pensamento criativo, conhecimento partilhado ou boas energias, dentro de uma equipa. Tanto quanto me parece esta pode ser uma boa solução. Um reconhecimento dentro do contexto dos membros de uma equipa.

 

Terei a sorte e o prazer de estar à conversa com a equipa da App Tap my back em breve e depois contarei tudo!

 

Abaixo o vídeo de apresentação da App, em inglês:

 

 

22
Jun16

App de Meditação: Mindfulness App


Teresa Noronha

Mindfulness_App.jpg

 (Fotografia retirada da internet)

 

A Meditação é uma prática que recomendo. Dá espaço para nos entendermos connosco próprios, dá tempo para sentirmos até ao fundo, dá liberdade para sermos quem somos e nesse conhecimento fica mais fácil de lidarmos connosco e sermos nós próprios com os outros.

 

Para mim é tão estruturante que a minha filha, com 4 anos, anda num colégio onde o dia começa com Mindfulness. Desengane-se quem pense que é uma coisa muito esotérica, etérea ou abstrata. É muito concreto, trata-se de nos tornarmos observadores de nós próprios, aqui e agora e por isso vivermos de uma forma mais consciente.

 

Verdade seja dita que sobretudo no início da prática da meditação é muito bom ter quem nos guie, quem nos centre e quem nos foque no que estamos a fazer (ou a tentar) enquanto na nossa cabeça vão saltando de rajada “coisas” avulsas. Lembro-me de no início pensar no que iria preparar para as refeições, que não tinha feito alguma tarefa, que o melhor era que acabasse o tempo para eu me despachar… mas esse tempo ajuda-me a organizar-me e a sentir-me bem comigo mesma, a ter força e certezas sobre se quero ou não avançar por um determinado caminho, a ser honesta comigo sobre os meus gostos, limites e sentimentos.

 

Devido a este interesse e porque me tinham passado a indicação de uma App de meditação em inglês, lembrei-me de pesquisar Apps de meditação em Português e foi nessa altura que me deparei com a Mindfulness App. Adquiri a App por 1,99 €.

 

É uma App bem estruturada, fomenta a prática da Meditação periódica, com Meditações guiadas e em Silêncio, para além de poderem ser adicionalmente adquiridas Meditações personalizadas. A Meditação Guiada é feita de uma forma clara, simples, sem pretenções, com uma voz clara e que transmite paz e tranquilidade como é necessário.

 

Fiquei com curiosidade em conhecer a Dr.ª Carla Martins que é a pessoa que dá voz a este projeto. Espero ter essa possibilidade.

 

21
Jun16

Contador de Calorias: MyFitnessPal


Teresa Noronha

Sessão Teresa Noronha_ Isabel Saldanha Photograp

(Fotografia Isabel Saldanha)

 

Há alturas na vida, que uma pessoa tem de chegar a um plano alimentar que por um lado a satisfaça em termos de se sentir confortável com o que ingeriu e por outro que tenha a consciência do número de calorias para poder escolher os alimentos certos.

 

O MyFitnessPal é uma aplicação que permite que sejam introduzidos todos os alimentos que ingerimos ao longo do dia. O propósito será aquele a que cada um se propuser.

 

Quando nos registamos na aplicação, indicamos qual o nosso peso e a nossa altura. Depois indicamos o peso que objetivamente pretendemos chegar. Também temos de indicar qual é o nosso estilo de vida, se fazemos exercício, se passamos o dia sentados, ou em pé, tudo conta, para que seja apresentado o número de calorias que deveremos ingerir no caso de querermos alcançar o nosso objetivo.

 

Depois, é uma questão de ir introduzindo os dados da nossa alimentação e ganhando consciência do número de calorias que estamos a ingerir, para podermos fazer as escolhas acertadas e contar com todas as refeições até ao final do dia.

 

myfitnesspal_1.jpg

 (Imagem retirada do Pinterest)

  

O MyFitnessPall para além da App que anda sempre connosco, tem também o site através do qual podemos aceder à informação e introduzir os alimentos. Hoje em dia contem no pinterest um bom conjunto de conselhos e dicas alimentares que aconselho a que quem queira perder peso consulte.

 

MyfitnessPal-Pinterest.png

 

(Imagem retirada do Pinterest)

Esta aplicação está disponibilizada em inglês, mas contem uma boa base de dados de produtos em português, o que facilita a pesquisa e introdução dos alimentos no plano diário.

 

Espero que gostem. Bom apetite!

20
Jun16

ERSAR: App da Qualidade da Água


Teresa Noronha

app_ERSAR_01.png

(Imagem retirada da Internet)

Já se questionaram sobre a qualidade da água de um local? Eu já. Por vezes, quando vou para fora dos locais habituais olho para a água ou bebo um pouco de água e estranho o sabor e questiono-me se de facto aquela água será boa para beber. As minhas questões tornaram-se mais agudas quando a minha filha foi diagnosticada com pele atópica.

 

Foi com alguma surpresa que soube que a ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos criou uma App sobre que indica informação importante sobre o abastecimento de água, saneamento e resíduos por Concelho. Não sendo muito específico também não nos deixa às escuras e através da aplicação podemos ainda reclamar sobre o serviço ou contactar a ERSAR para ter informação.

 

ERSAR_3.jpeg

(Imagem retirada da internet)

Aqui ficam imagens das funcionalidades da aplicação que se encontra disponível para iPhone e Android.

Podem ver o video aqui:

 

ERSAR_final.png

 (Imagens retiradas da internet)

15
Jun16

A App de apoio a pessoas com Depressão: iFDepressão


Teresa Noronha

Há dias que temos a firme noção que a vida é agora e que pode terminar a qualquer momento. Hoje foi um desses dias. Estava no prédio no Marquês de Pombal que teve o problema com a grua e em que senti que o teto podia desabar e que todos poderíamos agora estar em outra dimensão… E estes dias assim trazem-nos a convicção de querermos olhar para dentro, reconhecer os nossos sonhos mais internos e lutarmos pela sua realização.

 

Mas também há períodos negros, em que o vazio nos preenche e a esse vazio da falta de reconhecimento do nosso eu e da nossa vida face ao que sonhamos nos manda abaixo e nos leva a um limiar a que se chama depressão.

 

Quando ouvi falar sobre esta App tive inicialmente uma reação menos positiva, penso sempre que nestas circunstâncias as pessoas precisam e merecem ter outras para as ouvir, compreender e até guiar. Mas depois falei com uma amiga que me disse algo que realmente faz sentido, muitas vezes a pessoa não se quer mostrar, nem ter de falar e se tiver uma App que lhe dê as dicas e faça parte de um plano, pode de facto fazer sentido.

 

ifdepressao.jpg

 (Imagem da aplicação retrada da internet)

 

Esta aplicação encontra-se disponível para iPhone e Android.

 

As opções do menú são:

Inicio: Bem Vindo. Apresenta o Módulo de Dicas e a Definição de objetivos para se organizar diariamente: Estilo de Vida Saudável

Login: Não há local para registo, pelo que penso que apenas pessoas que estejam no programa possam ter acesso ao nome do utilizador password e utilizam a App como ferramenta.

Dicas: Disponibiliza os vários Módulos com informação, no total de 6 tópicos:

  • Explicação do Programa;
  • Organização matinal;
  • Hábitos de sono saudáveis;
  • Atividade física;
  • Alimentação saudável;
  • Contacto social positivo

Estilo de Vida: Definição de objetivos que contribuam para um estilo de vida mais saudável, organizados pelos tópicos acima descritos.

Sobre: Informação sobre a ferramenta e sobre a depressão.

 

A estruturação por tópicos e o facto de conter e ajudar a estabelecer objetivos específicos para cada um dos tópicos pareceu-me muito útil e que ajuda a tornar prático bons princípios que podem ser vagos.

 

iFDepressao_2.png

  (Imagem da aplicação retrada da internet)

 

Vi nas imagens da internet que no caso de registo é criada uma Área pessoal onde há o registo diário da informação relevante. Pareceu-me um programa muito interessante e que é uma App que está focada em ajudar, não sendo um programa solitário e frio como o imaginei inicialmente. Foi uma surpresa pela positiva.

 

Pág. 1/2