Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Apps para que te quero

Um blog sobre Apps, que dá a conhecer serviços que existem, o seu modo de funcionamento, as vantagens e melhorias que se podem fazer.

Apps para que te quero

Um blog sobre Apps, que dá a conhecer serviços que existem, o seu modo de funcionamento, as vantagens e melhorias que se podem fazer.

25
Nov16

À Conversa #5: App Cuckuu


Teresa Noronha

O Web Summit foi o contexto ideal para conhecer a equipa da App Cuckuu. Já tinha descarregado a aplicação e já tinha criado o meu utilizador. Uma nova rede colaborativa centrada em eventos ou despertares. O que pode levar à sua utilização? Era esta a conversa que queria ter com o João Jesus CEO da Cuckuu.

 

Cuckuu_1.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

 

João, porque é que uma pessoa vai utilizar o Cuckuu?

 

Eu acho que o Cuckuu é a aplicação perfeita para toda a gente. Todos nós temos horários, todos nós temos obrigações e o cuckuu basicamente o que faz é transformar aquele alarme super chato de que ninguém gosta, numa coisa gira e social.

Acho que é essa a razão principal.

Nós queremos não nos esquecer das coisas, queremos estar em contacto com a nossa rede, mas queremos que seja engraçado e que esteja integrado numa comunidade que está ali, que é real e que na hora que precisamos dela possamos sentir que ali está. E é exatamente isso que o cuckuu faz. Permite que nós consigamos criar um alarme tão simples como o acordar, que todos nós fazemos, mas também podemos criar um alarme para ir ao ginásio, uma coisa que para mim por exemplo é super difícil. Chega aquela hora e arranjo sempre desculpas, mas se nós tivermos um alarme, um alarme que envolve outras pessoas, amigos, uma comunidade e que lá estamos todos a motivar-nos uns aos outros para irmos fazer o que tem de ser feito, é muito mais poderoso do que um simples alarme que toca no telefone e nos chateia, que nós desligamos e deixamos para mais tarde.

 

_DSC9593-Edit.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

E como é que se utiliza? Uma pessoa instala a App cuckuu e depois?

 

Nós temos dois tipos de pessoas a utilizar. As pessoas que gostam de criar que são os content creaters que gostam de criar, de comunicar de puxar para a ação como temos no youtube e temos aquelas que simplesmente querem fazer parte da comunidade e que querem seguir.

Qualquer pessoa que queira utilizar o que tem de fazer é o download da App que é completamente gratuita e aí vai encontrar o suporte disponível para Android e iOS, também na Apple watch. Fazemos download em qualquer das Apps stores, a primeira coisa que aparece é para fazer um login. Podem fazer login pelo facebook que é o mais fácil e automaticamente quem entra dentro da App nós recomendamos os amigos a quem já estamos ligados via facebook, a partir do momento que estamos lá dentro é muito fácil:

  • Para os criadores de conteúdo, selecionam a opção de criar um alarme, escolhem o dia e a hora, escolhem o nome para o alarme e depois podem expor o conteúdo, desde fotos, vídeos, link para um blog, link para uma página, podemos gravar automaticamente no telefone. Todos os suportes que queiram utilizar pensamos que estão disponíveis;
  • Para quem queira fazer parte, é muito fácil, temos um botão de explore, onde as pessoas podem explorar todos os cuckuus que existem e caso estejam interessados podem juntar-se, basta carregar num botão. A pessoa chega ao alarme, por exemplo o das 8:00h da manhã para acordar e vai encontrar vários alarmes lá do mesmo género. Desde os Alarmes da MTV, que têm conteúdos do breackfast club, até outras pessoas da comunidade que querem fazer alguma partilha e nós clicando num botão muito simples como temos nos alarmes do nosso telefone juntamo-nos ao alarme. Naquele dia, naquela hora, o alarme selecionado dispara e temos a noção que estamos a partilhar um momento numa rede. Pode ser um momento bem mais divertido.

 

Qual é o público alvo desta aplicação?

Nós achamos que é uma aplicação que tem utilidade para quase toda a gente, mas neste momento estamo-nos a focar na geração mais jovem, porque também é a geração que tem mais tempo para estar a partilhar todas as coisas em sociedade, dentro de um grupo. Focamo-nos na faixa etária entre os 13 e os 18 anos, mas temos marcas como o ginásio Fitness Hut, agora vamos ter o Benfica e aí começa a haver interesse para um público mais crescido.

A Faixa do foco por natureza gosta de partilhar o seu dia a dia, a sua rotina, fazer parte de um grupo de amigos e é por isso que nos estamos a focar mais.

 

 

_DSC9603-Edit.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

 

Neste momento quantas pessoas estão já em rede a utilizar a App?

Neste momento já houve perto de 45.000 downloads da App, temos cerca de 35.000 utilizadores. O tem acontecido e que nos tem surpreendido é que a utilização vai muito para além de um alarme ao acordar, as pessoas em média, estão a usar alarmes mais de 7 vezes ao dia, ou seja, já começam a criar alarmes para muita coisa.

Temos um grupo de mulheres que cria alarmes para tomar a pilula, temos um grupo de pessoas que metem alarmes para irem passear o cão. Enfim… As coisas já começam a ser das mais variadas. Temos muitos blogs e youtubers que usam aquilo quando estão a libertar posts ou vídeos nos canais, então já começa a haver uma diversidade grande da utilização.

 

 

Qual é o modelo de negócio da Cuckuu? Como é que rentabilizam este produto?

Neste momento ainda estamos focados em crescimento, ainda não estamos a monitorizar nada, vamos no futuro à base de publicidade que nunca vai ser evasiva, que aparece na parte final dos alarmes, quando estamos a ver os pontos que temos. O Cuckuu acaba por ser um jogo porque nós damos pontos às pessoas que são mais rápidas a abrir o alarme e no fim vai haver um anúncio de publicidade. Vamos também ter alguns conteúdos exclusivos que a pessoa pode ter um membership, seguir uma pessoa e ter ali conteúdos exclusivos e a pessoa paga um pequeno valor, mas o nosso principio é que a App seja sempre gratuita. Neste momento como falamos ainda não estamos nesta fase, estamos na fase de crescimento com investimento e o objetivo é estender a rede o máximo possível.

 

Porque é que se têm tornado uma das Startups mais mediáticas, em torno do Web Summit?

Eu acho que há vantagens e desvantagens de todo o nosso percurso. Já tivemos muitas desvantagens por não termos feito o percurso tecnológico e por não sermos developers. A equipa vem toda da área da publicidade, fotografia, blogging e se há alguma coisa que nos destaca e que sabemos fazer bem é passar a mensagem.

Somos ativos nas redes sociais, aparecemos, fazemos parte da comunidade. Nós acreditamos no karma, acreditamos que devemos ter uma boa relação com as outras startups e tentamos ajudar ao máximo. Isso tem feito com que quando falem da comunidade de startups falem de nós.

Tentamos estar presentes, não só por estar mas estar presentes com um intuito por alguma razão e acho que tem funcionado bem a forma como temos tentado crescer. Não é crescer muito rapidamente, temos tentado crescer com uma base e então temos estado com muitos bloggers muitos youtubers, criadores de conteúdos e isso tem ajudado também a estarmos mais mediáticos.

 

Quais são as Apps de referência para a Cuckuu?

Spotity, adoramos e inspiramo-nos muito no design da spotify, achamos que é muito clean.

Gostamos muita da utilidade do snapchat e achamos mesmo que para o nosso público alvo, tem muito a ver e é muito relevante.

Gostamos muito do Vine, que sabemos que vai acabar e estamos super tristes.

Mas são Apps que nós gostamos muito da maneira como funcionam e da forma como criaram uma comunidade.

Há também uma App que muitas pessoas gozam e que quando dizemos que temos no nosso smartphone para research as pessoas dizem, sim sim “deve ser mesmo só para investigação”, que é o Tinder.

Consideramos que o Tinder é uma App muito engraçada, a forma como se cria a comunidade, a forma como faz com que as pessoas interajam, a maneira como tem estado a evoluir e a começar a fazer dinheiro, tudo isso nos inspira.

 

_DSC9615-Edit.jpg

 Fotografia Andreia Trindade

 

Eu já criei o meu perfil e já comecei a estar presente na App Cuckuu e vocês?

02
Nov16

Tablet: ter ou não ter eis a questão


Teresa Noronha

DSC_0515.JPG

  Fotografia Hugo Noronha

 

Eu tenho tablet e gosto, mas entre os diferentes dispositivos tecnológicos do mercado é aquele que levanta mais polémica sobre a sua adoção. Verdade que o Outono pede mais recolhimento e conforto e este ter ou não ganha outra dimensão.

 

Existem as pessoas que têm por uma questão de conforto, porque gostam e preferem ter um dispositivo mais portátil e com uma dimensão superior ao de um smartphone, existem outras que só utilizam em casa para não irem para o computador, as que gostam de ler, as que gostam de ver filmes, as que gostam de ter aquele dispositivo disponível vão para onde forem.

 

DSC_0523.JPG

Fotografia Hugo Noronha

 

Eu penso que se existe a possibilidade financeira de ter um tablet que se deve ter, mas que de facto se deve ponderar a compra no caso de existir alguma dificuldade de encaixar o orçamento. As principais razões que me fariam investir num tablet de forma racional são as seguinte:

  • Estar a tirar um curso;
  • Fazer muitas apresentações em salas ou reuniões;
  • Fazer Conference calls fora de um escritório;
  • Editar phone photographys de forma profissional;
  • Gravar vídeos;
  • Utilização espaços públicos como escritório para trabalhar;

Esta é a minha experiência.

 

DSC_0531.JPG

 Fotografia Hugo Noronha

 

O tablet com que estou na fotografia é o Samsung Galaxt Tab 2 8.0" 32 GB (Wi-Fi), Black é um tablet para ser utilizado como ferramenta de negócios. Com boa imagem e capacidade de memória, é rápido no tempo de resposta da sua utilização. É versátil e tem uma boa placa gráfica.

No entretenimento é um bom interface de leitura e visualização de documentação e para quem gosta de jogar.

 

Tem uma interface com muitas funcionalidades disponiveis, na sua interface e a duração da bateria em utilização é entre sete a oito horas.

 

Para quem pondera comprar um tablet, que compre um que seja durável, não é um equipamento que se tenha a intensão de mudar com frequência, por isso façam uma aposta segura.

 

DSC_0537.JPG

 Fotografia Hugo Noronha

 

 

01
Nov16

Apps de Testes de Código


Teresa Noronha

Uma descoberta recente que me deixou por um lado surpreendida pela evolução da área e pela utilidade.

Testes de Codigo.png

 

Se estão a pensar tirar a carta, a forma de simulação dos exames é agora muito mais simples e automatizada. Existem várias aplicações de simulação para quem está candidato a exame de código. Os testes estão devidamente organizados por categoria de veículos e funcionam de forma automática, indicando de imediato se o aluno passou ou não, caso fosse aquele o exame.

 

As Apps disponíveis no mercado são:

- Testes de Código para Android

- A Future Driver para Android e iOS

- Exame de Código Portugal lite PT para Android e iOS

 

Na web existe ainda disponível Testes de Código Grátis.

 

No meu tempo não era assim, eram cadernos de exame e toca a escrever a lápis e a apagar. Eram bons tempos, mas esta versão parece-me muito melhor

 

27
Out16

PackPoint: A App para fazer as malas


Teresa Noronha

PackPoint_Teresa_Final.png

 

Descobri esta App quando fui abordada por uma amiga sobre a possibilidade de criar uma App com a indicação do que levar em viagem. O cenário que ela me colocou foi: imagina uma viagem para um país longínquo, ou vários em cruzeiro. num mix de trabalho, laser, jantares temáticos e saídas a passeio pela cidade, com diferenças de temperatura entre as situações. E eu, tentada, fui logo investigar. Foi desta forma que conheci a PackPoint.

 

Fazer as malas é sempre bom, porque significa novas experiências, mas também é aquele desassossego. Se chove, se faz frio, se temos de levar roupa de passeio e formal, se vamos a eventos e espetáculos, o que vestir? E se afinal nos calha um sol escaldante de Inverno. Já vos aconteceu? A mim já. Toda esta logística fica muito mais desafiante com um bebé e apenas com 20 Kgs de bagagem. 

 

A PackPoint, está disponível em Android e iOS, e permite planear a viagem.

  • Indicamos o destino, a data, a duração da estadia e se vamos a negócio ou lazer, ou ambas;

Pack-Point-App-Inicio.jpg

 

  • Apresenta um conjunto de atividades que nos propomos fazer e se vamos repetir o básico ou usar lavandaria;

PackPoint-Actividades.png

 

  • A App apresenta a previsão do tempo para o período que selecionamos e uma lista bestial do que temos de levar, que está categorizada por: Essenciais (como o itinerário da viagem, bilhete, carregador de telemovel, etc) e uma lista para cada uma das atividades que selecionamos.

 

As listas são brutais, com muito pormenor. A lista dos items de viagem para bebés e neve, são mesmo muito úteis e tem detalhes muito úteis, como por exemplo: chave de casa, o número de peças de roupa interior, carregador do telemóvel, corta unhas, enfim, todo um mundo de coisas que só nos lembramos quando começamos a fazer a mala com alguma antecedência.

 

Pontos de melhoraria para mim é o interface gráfico da aplicação. Penso que sobretudo as listas podem ser apresentadas de forma mais apelativa, na versão android.

 

Considerada uma das melhores Apps de viagem, se vai viajar, consulte. Tenho a certeza que vai ajudar.

 

 

17
Out16

Feedly: Uma App para quem gosta de leitura digital


Teresa Noronha

capa_feedly.jpg

 

 

Sou consumidora acérrima de literatura digital. Sempre li muitos jornais, livros, revistas… tudo. Sei que muitos dos meus amigos se recordam de mim com um livro ou revista na mão, porque de facto esse é o meu estado natural.

 

O mundo mudou e na era digital as notícias que consumo diariamente são digitais. Verdade seja dita que continuo a consumir revistas e livros, mas jornais apenas pontualmente. Comprei duas edições do Jornal Económico, para conhecer e para adquirir a revista StartUp e mesmo este me mostrou que já está adaptado ao formato digital.

 

Neste percurso há vários anos que me tornei uma real consumidora de blogs. Hoje em dia para conseguir ver todos os blogs e notícias que gosto de consultar, tenho todos os dias de aceder a um conjunto de URLs. Com o Feedly não existe mais essa necessidade. Adicionei o conjunto de blogs e sites de notícias que costumo consultar e coloquei-os no tablet. Todos os dias quando tenho algum tempo e necessito de ver as novidades acedo ao feedly e lá consigo encontrar os últimos updates dos meus blogs, sites de notícias e de opinião que eu sigo.

 

feedly.jpg

 Phone Photography Dina Domingues

 

A imagem da App é muito clara, o modo de apresentação dos posts é muito bom e costumizável. Para melhorar a experiência, apresenta os posts desde que eu acedi a última vez, sem me deixar na dúvida se perdi algum capítulo de informação.

 

Descarreguem esta App pois vai mudar a vossa experiência como consumidores de informação digital, para melhor.

 

 

12
Out16

My SNS: App do Serviço Nacional de Saúde


Teresa Noronha

MySNS-1.jpg

 

A App do Serviço Nacional de Saúde foi lançada no final de Setembro. É uma App útil e prática que fomenta a proximidade com o cidadão.

 

Nesta App é possível:

  • Aceder às últimas notícias do setor da saúde em Portugal;

 

  • Aceder à Área do Cidadão, com uma plataforma muito semelhante ao site online www.sns.gov.pt Já utilizei para marcar consultas e funcionou na perfeição. Agendei a hora e o dia que queria e depois confirmaram. Tudo isto sem sair da cadeira e sem perder um tempão em transportes e filas. Fico mesmo feliz quando a tecnologia ajuda;

 

  • Acesso ao programa saúde+ e a toda a informação relativa a este programa, incluindo o plano de vacinação, informações sobre a consulta do viajante e como obter o Cartão Europeu de Seguro de Doença;

 

  • Tem uma área para a informação sobre Entidades de Saúde, mas que quando esta a fazer a utilização para escrever o post não se encontrava a funcionar;

 

  • Disponibiliza o número e a ligação para a Linha Saúde 24;

 

 

  • Disponibiliza um e-mail e a possibilidade de enviar feedback relativamente ao uso do My SNS;

 

  • Informa sobre o contexto em que está inserida a disponibilização desta App nesta versão e da intensão de brevemente disponibilizar a CeS - Carteira eletrónica de Saúde, onde outras funcionalidades como guias de tratamento da Receita sem Papel, eBoletim de Vacinas e Testamento Vital passarão a ser disponibilizadas.

 

 

Pontos Fortes

O que mais me agradou na App, nesta versão é o acesso ao portal, à possibilidade de marcação de consultas via App e a disponibilização de informação útil.

 

Pontos a Melhorar

A usabilidade da App e a sua organização. É bom que na próxima versão fique mais evidente que o que está a ser promovido é um serviço muito mais do que disponibilizar informação.

 

Penso que a App nesta versão é um bom passo, para um caminho que está já a ser percorrido. Há ainda muitas possibilidades a explorar, mas acredito que o mindset para o serviço a prestar está lá. 

 

 

11
Out16

Hopper: A App certa para agendar viagens de avião


Teresa Noronha

hopper_0.png

 

A Hopper é a App que sempre sonhamos para agendar viagens de avião. Para além de ser rápida e eficaz na seleção, tem a preocupação de nos apresentar os preços para datas alternativas, avisar se a viagem em princípio terá descontos nos próximos dias e envia mensagens quando esse dia chega. Quando selecionamos a origem e o destino, constrói automaticamente um mapa, com cores, indicativas das datas por preços, para os próximos 12 meses do ano.

 

hopper_1.jpg

 

A aplicação propõe-se analisar mil milhões de tarifas diariamente para recomendar a melhor data para efetivar a compra da viagem. De acordo com a Hopper o cliente da aplicação pode economizar até 40% em cada voo. 

 

Considerada uma das Melhores Apps pela Apple Store em 2015 e Award Winner pela Google Play em 2016, é uma App a descarregar e boas viagens!

 

 

 

21
Set16

O Sapo faz 21 Anos


Teresa Noronha

Buzz_Sapo.jpeg

 

O Sapo é para mim uma referência associada à internet. Recordo-me bem dos primeiros tempos de internet, quando nos ligávamos a um router que fazia uns ruídos muitos estranhos, apenas comparados com os que apareciam nos filmes, quando os humanos tentavam contactar seres de outras galáxias!

 

O primeiro motor de busca que utilizei era o portal do sapo e obter respostas “rápidas” era espetacular, tinha algo de magia em crescente. Era um rápido diferente dos dias de hoje, mas era um grande avanço face à pesquisa na enciclopédia.

 

Lembro-me de ligar o computador, aguardar o acesso à internet por router e ir ao portal do sapo. Havia notícias, passatempos e acesso ao e-mail do sapo. Fui grande participante de passatempos, ganhei bilhetes com fartura, recordo-me em particular dos concertos na Gulbenkien. Também me recordo de enviarmos e-mails com fartura, com piadas, coisas engraças ou sérias para uma lista gigante de mail… eram os primórdios das redes socias.

 

Durante estes 21 o Sapo manteve-se ativo e conseguiu crescer como poucos.

 

Hoje mantem-se presente em várias plataformas. Também as fazem parte dos serviços que nos disponibilizam. Tornou-se líder de internet em Portugal, disponibiliza aplicações móveis, aplicações TV, cria e disponibiliza produtos tecnológicos e uma plataforma de e-commerce.

 

Tem estas 11 aplicações disponíveis para Android

Sapo_Apps_Android.png

 

E 9 aplicações para iOS

Sapo_Apps_iOS.png

 

Já tive a oportunidade de partilhar convosco a utilização de uma destas Apps, o Sapo Sabores, que recomendo. Outras virão certamente, nesta admiração que levou também à escolha da plataforma do Sapo quando decidi criar o Blog.

 

O Sapo é para mim uma marca de confiança e de continuidade na realidade tecnológica em Portugal.

 

O Sapo está de Parabéns, mas os presentes temos tido nós ao longo destes anos. Casos queiram participar na celebração destes 21 anos do Sapo, vejam como no Buzz do Sapo 21 anos.

 

Parabéns Sapo tens estado muito forte!

15
Set16

As minhas Apps de Reentree


Teresa Noronha

Com a Reentree muda a estação e existe em nós uma necessidade de mudar. Umas são necessidades mais prementes outras são vontades próprias para um período que se pretende por norma de maior recolhimento, conforto, foco, trabalho e cuidado na logística.

 

rentree.jpg

 

As minhas Apps para a Reentree já estão descarregadas e eis as eleitas são:

 

  • Cabelos: Style My Hair da LÓreal - funciona com uma fotografia do nosso rosto que vamos alterando com penteados, cortes, cores de cabelo e podemos exagerar, rir um bom bocado e quando chegarmos à nossa decisão efetiva final, levar ao cabeleireiro e mostrarmos o que queremos fazer;

 

  • Roupa e Acessórios: A eleita foi: Bimba y Lola, que tem uma nova App e está a dar 10% de desconto a quem faça a atualização até dia 19 de Setembro;

 

  • Decoração: Zara Home, gosto dos produtos, a loja online funciona bem, é aqui que vou para ter ideias e fazer remodelações do que necessito em casa;

 

  • Do It Yourself: Para ter ideias de pequenos projetos para fazer em casa, para oferecer ou decorar uma App que é um mundo Pinterest;

 

  • App surpresa: CallApp é uma App que identifica todas as pessoas que nos telefonam, mesmo que não estejam gravadas nos nossos contactos. É espetacular. Fiquei fã e por isso recomendo.

 

E as vossas Apps de Reentré? Quais foram as eleitas?... Ainda estou à procura da minha para livros.

06
Set16

Lista dos Sonhos: App Bucket List


Teresa Noronha

Foto_Bucket_List.jpg

 

Setembro é mês de sacudir a areia da praia e mergulhar fundo no dia-a-dia. Por isso faço o exercício de questionar as rotinas, de questionar se continuam a fazer sentido e de desenhar novo futuro.

 

Para isso o meu exercício começa na Bucket List, ou seja, na minha lista de coisas que quero fazer antes de morrer e que fazem todo o sentido na minha vida. Começa por aqui, porque quero ter a certeza que a rotina não atropela o sentido da vida e que não consome na totalidade o meu Tempo de vida.

 

Quero no meu dia a dia saber que estou a avançar no sentido do que me faz feliz, mesmo quando as contrariedades ganham espaço.

 

A lista serve para rever os meus sonhos e para sentir quais é que continuam a fazer sentido, para fazer um check feliz ou timido e para acrescentar novos imprescindíveis que agora sinto que quero fazer.

 

Sempre que falo disto numa roda de amigos, recebo perguntas do género, mas o que é que tu tens na lista? Como é que tu fazes? Mas está mesmo escrita?

 

Certa que a minha lista é só minha posso desvendar alguns items que já vivi e que fazem parte desta lista:

  1. Ser Mãe;
  2. Fazer o Caminho de Santiago;
  3. Fazer o Curso de Formação de Formadores;
  4. Criar um blog;

Entre muitos outros…

 

Esta lista está dispersa em Cadernos e agregada de uma forma simplificada num Excel.

 

Descobri a semana passada, no início do meu Setembro a App: Bucket List. Esta App para além de permitir criar uma Lista, tem categorias que podem ajudar na elaboração da lista, são elas:

  • Viagens;
  • Saúde e Desporto;
  • Trabalho;
  • Aprendizagem;
  • Amor;

 

A minha lista tem outras categorias, mas para quem tem dificuldade em organizar as ideias, estas já ajudam a puxar por si e a criar estes objetivos e a App também permite adicionar novas.

 

Tem a noção temporal, quando é criado um novo item na lista, coloca-se uma data para o atingir.

 

Tem uma área de Inspirações, que adorei, com imagem bonitas e inspiradoras para quem anda desprovido de ideias, ou precisa de um motor de arranque para se recordar do que realmente gosta e as faz sentir vivas. Ás vezes estas inspirações servem de pequena faúlha para atear uma chama que estava adormecida e as campainhas tocam cá dentro. Algumas surpreenderam-me, visitem!

 

Bucket_List_Inspirations.jpg

 

 

Cada um pode contribuir com os seus sonhos para as inspirações e é desta forma que a Bucketlist vai adicionando novos conteúdos de inspiração.

 

A minha recomendação é que quando a rotina avança não descartem os sonhos e o sentido da vida. Formalizem os vossos sonhos, perante vocês próprios, desafiem-se e força nesta reentrada cheia de calor!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D